sexta-feira, 10 de julho de 2009

Quero uma doce canção...



Pra dar o Tom desse nosso embalo.

Hoje foi um dia leve.
Leve porque tirei todas as duvidas pesadas da caixa, agora carrego apenas a pequena e colorida esperança. Poderia chamá-la de certeza, mais esperança da tão certo com a suavidade que ela me transmite.
Os rostos passaram a ser estranhos, ou melhor dizendo, desagradáveis. Agora isso é só pó.
Já aprendi que não precisamos sempre de coisas novas se sabemos ver as antigas de diferentes ângulos. Ta na hora de colocar em prática.
Calminha menina, uma coisa de cada vez.
Estou feliz. Estou bem.


...Mas é bom vestir todas as velhas coisas com novos panos.
xoxo
M.

Nenhum comentário:

Postar um comentário